| Publicado em: 04/12/2017 15:00:00

A expectativa de vida no Brasil subiu, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A média de idade do brasileiro passou de 75,2 anos em 2014 para 75,8 em 2016.

Em Santa Catarina, a expectativa média era de 78,4 anos em 2014 e registrou 79,1 no ano passado.

Com isso, SC ainda é o primeiro estado na lista das pessoas que vivem mais no país.

As mulheres catarinenses são as com maior expectativa de vida:

  • Em 2014, a média era de 81,8 anos, superando a média nacional.

  • Os homens ficaram um pouco atrás nesse mesmo ano, com 75,1 anos, abaixo da média do país.

Segundo o IBGE, a população de pessoas com 60 anos ou mais em 2016 cresceu 16% em relação a 2012.

Em Santa Catarina, mais de um milhão de pessoas se encaixavam nessa faixa etária, enquanto crianças até quatro anos somavam 420 mil no ano passado.

 

Aposentadoria

O pesquisador, Fernando de Holanda, mostra preocupação em relação ao crescimento de idosos no Brasil.

Para ele, isso pode ser um problema se não for resolvido o rombo na previdência, já que dados do IBGE mostram que, em 2060, serão 24 jovens economicamente ativos trabalhando para pagar a aposentadoria de 63 idosos.

“Assumindo que existe uma proporção entre os benefícios de aposentadoria e o percentual da população e a quantidade de pessoas acima de 65 anos, isso torna tal sistema insustentável. Então, a introdução de uma idade mínima para aposentadoria é fundamental”, explica.

A Reforma da Previdência teve seu novo texto aprovado em novembro e a previsão é de que seja votada ainda neste ano.

A principal proposta da reforma é a introdução de uma idade mínima para se aposentar: 65 para os homens e 62 para as mulheres.

 

Déficit

Santa Catarina é um dos estados mais atingidos pelo déficit da previdência, segundo informações do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Em 2015, o estado registrou quase 20% de rombo, percentual da receita corrente líquida (RCL) usado só para pagar aposentados e pensionistas.

As despesas com aposentados em 2015 chegaram a R$ 5,62 bilhões. 

O presidente do Instituto de Previdência local (Iprev), Roberto Faustino, rebate a informação de déficit de 20%, mas confirma um rombo na casa dos 18%:

“Há estudos que mostram que, dentro de oito anos, esses 18% poderão chegar a 25% de tudo que é arrecadado, ou seja, a cada R$ 4 arrecadados, R$ 1 será utilizado para pagamento de pensionistas e aposentados”.

Atualmente, Santa Catarina tem um trabalhador ativo para cada um aposentado, a conta “ideal”, segundo ele, deveria ser de quatro ativos para cada inativo.



A certificação ITIL mudou mas continua requisitada pelas empresas
FGV abre inscrições para cargos no Tribunal de Justiça de SC
Projetos da A2C são os vencedores do 5º Startup Weekend
Prefeitura de Blumenau disponibiliza aplicativo do SUS com Inteligência Artificial
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado



Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado


Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina

Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação

Patrocinado
Patrocinado


As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |