Legislação | Publicado em: 10/02/2017 11:37:00

A Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) deve custar aos consumidores de energia R$ 11,904 bilhões em 2017.

Esse valor é 22,2% menor que o cobrado em 2016, quando orçamento ficou em R$ 15,3 bilhões.

De acordo com a Aneel, o corte deve gerar barateamento médio de 2% nas tarifas neste ano.

No entanto, por ser apenas uma redução média, não signigica que as contas de luz vão ficar mais baixas.

A CDE é apenas um dos componentes das tarifas de energia, que variam entre as distribuidoras.

A CDE é um fundo que financia programas como o Luz para Todos e o Tarifa Social, que subsidia a conta de luz de famílias de baixa renda.

Ele também banca a compra de parte do combustível usado nas termelétricas que atendem aos chamados sistemas isolados, regiões do Norte do país onde a rede de transmissão de energia ainda não chegou.

Com informações do Jornal de Pomerode.




Seminário Contábil Tributário das Cooperativas Catarinenses está com inscrições abertas


MPSC tem o melhor Portal da Transparência entre os MPs estaduais


Programa Catarinense de Recuperação Fiscal arrecada R$ 3,9 milhões em 20 dias


OAB Chapecó comemora 45 anos na Semana do Advogado

Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |