Logística | Publicado em: 07/04/2017 10:44:00

O Porto Brasil Sul (PBS), será instalado na região da Ponta do Sumidouro, Praia do Forte, município de São Francisco do Sul.

O local será um dos maiores portos multicargas do País, dispondo de sete terminais e oito berços de atracação, com movimentação projetada em 20 milhões de toneladas/ano.

O projeto foi desenvolvido como um porto concentrador de cargas e de linhas de navegação - do Mercosul, com capacidade para receber, em médio prazo e após as obras de adequação do canal de acesso, os navios da classe New Panamax, as maiores embarcações de carga do mundo, com capacidade para 18 mil TEUs.

O projeto é uma iniciativa da WorldPort , empresa especializada em projetos de infraestrutura de transporte de cargas. Além do Porto Brasil Sul, o grupo também participa de projetos para uma ferrovia e um porto no Pará.

Processo de Instalação

O Porto Brasil Sul respeita todos os trâmites legais para sua implantação na Ponta do Sumidouro, em São Francisco do Sul.

O empreendimento irá impulsionar a economia da região e gerar 3 mil empregos. Este número é fruto de análise feita por especialistas de mercado e está em linha com o projeto de construir um dos maiores portos multicargas do País.

Além disso, serão gerados empregos indiretos devido à movimentação econômica no município, proporcionando crescimento para o comércio e os prestadores de serviços.

“Será um grande impulsionador do desenvolvimento para o município”, comenta Marcus Barbosa, diretor da empresa.

Etapas

Ele explica que o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) já estão em análise pela Fundação de Meio Ambiente (Fatma).

E até a realização da audiência pública, etapa fundamental e obrigatória para o licenciamento, o empreendimento está sendo apresentado para a comunidade, em reuniões de esclarecimento.

Acessos

Marcus Barbosa destaca que o Porto Brasil Sul só entrará em operação após a construção de novos acessos, próprios e totalmente separados dos atuais existentes na região do Forte e Sumidouro, portanto, sem impactos negativos, inclusive proporcionando novas alternativas de mobilidade aos moradores de São Francisco do Sul.

 Para isso, a WorldPort já desenvolveu o projeto da diretriz para o acesso ao Porto, a partir do entroncamento com a BR-280. “Será uma rodovia duplicada, com pavimentação asfáltica e ciclovia para beneficiar toda a comunidade”, indica. Também já existem negociações para ampliação do ramal ferroviário até o futuro Porto Brasil Sul.

E, ressalta o diretor, “com mais um grande empreendimento, São Francisco do Sul terá mais força para exigir a duplicação imediata da BR-280”.

Oportunidade

Na navegação transoceânica de contêineres, a lógica, por questões de geografia e redução de custos, é que os grandes navios provenientes da Ásia entrem pelo Sul do País – e o primeiro grande porto de águas profundas, que permitirá o acesso de navios dessa magnitude, será o PBS.

Dessa forma, os navios Post Panamax só virão ao Brasil pelo Norte, via novo Canal do Panamá (quando estiver concluída sua ampliação), se tiverem um volume significativo de cargas para o Nordeste.

Quando o comércio for, principalmente, destinado às regiões Sul e Sudeste, responsáveis por cerca de 70% do Produto Interno Bruto brasileiro, o Porto Brasil Sul será a opção portuária mais estratégica e de menor custo.

"Com essa posição estratégica e permitindo que os operadores tenham impacto significativo em sua margem de operação, o PBS já nasce com uma vantagem competitiva enorme frente aos seus concorrentes e projetos em andamento”, comenta Marcus Barbosa.

Benefícios do projeto

Acesso. Novo e independente acesso à Praia do Forte com  13,6km (início na localidade de Tapera até o Porto),

Ferrovia. Ramal ferroviário para o Porto Brasil Sul de 15,4 km, a partir do ramal Mafra-São Francisco do Sul.

Infraestrutura. Melhora da infraestrutura logística de Santa Catarina com a criação de um porto de águas profundas - com profundidade máxima chegando a 22 metros - para atender a demanda do comércio internacional no Sudeste e Sul do Brasil e países limítrofes. O Porto Brasil Sul será a opção portuária mais estratégica e de menor custo.

Empregos. Geração de 3 mil empregos diretos no município,

Economia. Impulso para atividade econômica no comércio e prestadores de serviços,

Impostos. O total da arrecadação de tributos federal, estadual e municipal, decorrentes dos impactos dos investimentos realizados no projeto será de R$3,7 bilhões até 2030.

Município. Somente em ISS para o município serão R$ 359 milhões até 2040.




Conselho das Federações Empresariais manifest​a​​ ​apoio ao Porto Brasil Sul
Prodapys recebe medalha de ouro internacional em apicultura
Grupo Eliane participa do Brazil Ceramic Tiles Experience
Gol programa 30 voos extras durante a Oktoberfest
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |
<—HiFRITZ—> <—HiFRITZ—>