Logística | Publicado em: 07/04/2017 10:44:00

O Porto Brasil Sul (PBS), será instalado na região da Ponta do Sumidouro, Praia do Forte, município de São Francisco do Sul.

O local será um dos maiores portos multicargas do País, dispondo de sete terminais e oito berços de atracação, com movimentação projetada em 20 milhões de toneladas/ano.

O projeto foi desenvolvido como um porto concentrador de cargas e de linhas de navegação - do Mercosul, com capacidade para receber, em médio prazo e após as obras de adequação do canal de acesso, os navios da classe New Panamax, as maiores embarcações de carga do mundo, com capacidade para 18 mil TEUs.

O projeto é uma iniciativa da WorldPort , empresa especializada em projetos de infraestrutura de transporte de cargas. Além do Porto Brasil Sul, o grupo também participa de projetos para uma ferrovia e um porto no Pará.

Processo de Instalação

O Porto Brasil Sul respeita todos os trâmites legais para sua implantação na Ponta do Sumidouro, em São Francisco do Sul.

O empreendimento irá impulsionar a economia da região e gerar 3 mil empregos. Este número é fruto de análise feita por especialistas de mercado e está em linha com o projeto de construir um dos maiores portos multicargas do País.

Além disso, serão gerados empregos indiretos devido à movimentação econômica no município, proporcionando crescimento para o comércio e os prestadores de serviços.

“Será um grande impulsionador do desenvolvimento para o município”, comenta Marcus Barbosa, diretor da empresa.

Etapas

Ele explica que o Estudo de Impacto Ambiental e o Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) já estão em análise pela Fundação de Meio Ambiente (Fatma).

E até a realização da audiência pública, etapa fundamental e obrigatória para o licenciamento, o empreendimento está sendo apresentado para a comunidade, em reuniões de esclarecimento.

Acessos

Marcus Barbosa destaca que o Porto Brasil Sul só entrará em operação após a construção de novos acessos, próprios e totalmente separados dos atuais existentes na região do Forte e Sumidouro, portanto, sem impactos negativos, inclusive proporcionando novas alternativas de mobilidade aos moradores de São Francisco do Sul.

 Para isso, a WorldPort já desenvolveu o projeto da diretriz para o acesso ao Porto, a partir do entroncamento com a BR-280. “Será uma rodovia duplicada, com pavimentação asfáltica e ciclovia para beneficiar toda a comunidade”, indica. Também já existem negociações para ampliação do ramal ferroviário até o futuro Porto Brasil Sul.

E, ressalta o diretor, “com mais um grande empreendimento, São Francisco do Sul terá mais força para exigir a duplicação imediata da BR-280”.

Oportunidade

Na navegação transoceânica de contêineres, a lógica, por questões de geografia e redução de custos, é que os grandes navios provenientes da Ásia entrem pelo Sul do País – e o primeiro grande porto de águas profundas, que permitirá o acesso de navios dessa magnitude, será o PBS.

Dessa forma, os navios Post Panamax só virão ao Brasil pelo Norte, via novo Canal do Panamá (quando estiver concluída sua ampliação), se tiverem um volume significativo de cargas para o Nordeste.

Quando o comércio for, principalmente, destinado às regiões Sul e Sudeste, responsáveis por cerca de 70% do Produto Interno Bruto brasileiro, o Porto Brasil Sul será a opção portuária mais estratégica e de menor custo.

"Com essa posição estratégica e permitindo que os operadores tenham impacto significativo em sua margem de operação, o PBS já nasce com uma vantagem competitiva enorme frente aos seus concorrentes e projetos em andamento”, comenta Marcus Barbosa.

Benefícios do projeto

Acesso. Novo e independente acesso à Praia do Forte com  13,6km (início na localidade de Tapera até o Porto),

Ferrovia. Ramal ferroviário para o Porto Brasil Sul de 15,4 km, a partir do ramal Mafra-São Francisco do Sul.

Infraestrutura. Melhora da infraestrutura logística de Santa Catarina com a criação de um porto de águas profundas - com profundidade máxima chegando a 22 metros - para atender a demanda do comércio internacional no Sudeste e Sul do Brasil e países limítrofes. O Porto Brasil Sul será a opção portuária mais estratégica e de menor custo.

Empregos. Geração de 3 mil empregos diretos no município,

Economia. Impulso para atividade econômica no comércio e prestadores de serviços,

Impostos. O total da arrecadação de tributos federal, estadual e municipal, decorrentes dos impactos dos investimentos realizados no projeto será de R$3,7 bilhões até 2030.

Município. Somente em ISS para o município serão R$ 359 milhões até 2040.




Demanda por fonte de energia alternativa movimenta exportações de pellets
Gigante chinês de infraestrutura mira investimentos em SC
Porto Brasil Sul será instalado em São Francisco do Sul
Bolívia e Ministério de Minas e Energia participam de evento de gás natural
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |