Tecnologia | Publicado em: 14/11/2017 13:20:00

O empreendedor André Nascimento, de Jaraguá do Sul, criou um sistema que ele chama de “internet dos peixes”.

É o IoFish, aplicativo que se propõe a otimizar os resultados para o setor da aquicultura.

Ele troca o tradicional e velho caderninho de anotações por um celular ou tablet.

A ideia da IoFish, segundo o idealizador, é centralizar em uma plataforma online os dados mais relevantes para a tomada de decisão do aquicultor na gestão de sua produção.

Informações como níveis de oxigênio e PH, temperatura da água e quantidade de ração, primordiais para definir o desenvolvimento da criação, saem do papel e vão para o meio digital.

 

RELATÓRIOS

São gerados relatórios precisos que ajudam o produtor a criar o ambiente ideal para o desenvolvimento dos peixes ou camarões, sem desperdícios.

Propostas do aplicativo:

  • Sugere boas práticas e ações. O produtor vai saber quando é a hora certa de jogar mais ração ou de ligar o aerador, por exemplo.

  • O uso da ração passa a ser monitorado e racionalizado, evitando desperdícios.

  • O mesmo ocorre com a energia elétrica necessária para fazer o aerador funcionar. A ferramenta gera uma economia significativa para o negócio.

  • O aplicativo sugere ações. O produtor vai saber, com os dados, como o ambiente aquático está 24 horas por dia, quando é a hora certa de jogar mais ou menos ração ou de ligar ou desligar os aeradores.

  • O uso da ração passa a ser monitorado e racionalizado, evitando desperdícios.

  • A ferramenta gera uma economia significativa para o negócio e dá garantias de que as atitudes certas estão sendo tomadas.

  • O sistema ajuda a produzir mais com menos. Devido ao controle, é possível saber realmente o que acontece dentro da água e o quanto o peixe está crescendo. Isso aumenta a capacidade de produção por metro quadrado com padrões reais.

 

ACELERADORA

A IoFish está sendo apoiada pela aceleradora Spin Exponential Business, de Jaraguá (www.spin.capital).

Na aceleradora, a IoFish passa por testes, programas de mentoria e tem seu planejamento rediscutido.

O aplicativo está em fase de testes e deve chegar ao mercado em um modelo muito utilizado pelas plataformas online, que funciona como uma assinatura.

Para passar a usar o sistema, o produtor terá que adquirir alguns equipamentos, pois o software é processado via uma sonda wi-fi.

Depois, ele paga uma mensalidade bastante acessível para o uso do app.

Outro dado que sustenta a viabilidade do projeto é a participação da aquicultura na economia do Brasil, dono da maior reserva de água doce do mundo. O país também está entre os maiores produtores de tilápia do globo.

 




Último Meetup Startup SC do ano discute as dificuldades no mercado de tecnologia
Aplicativo All Doctors chega a Santa Catarina
SerasaConsumidor abre 20 vagas para desenvolvedores em Blumenau
Startup de Jaraguá do Sul lança a "internet dos peixes"
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |