Cidades | Publicado em: 01/06/2017 17:00:00

Transformar o Extremo Oeste catarinense em um polo turístico. Este objetivo motivou a realização de um intenso trabalho colocado em prática por meio do Projeto de Desenvolvimento Econômico e Territorial (DET). A iniciativa é do Sebrae/SC com a parceria da Associação dos Municípios (Ameosc), entidades de classe e representantes da Região Turística do Ministério do Turismo (MTUR),  denominada CAMINHOS DA FRONTEIRA.

O projeto iniciou em outubro de 2015 com ações para aumentar a representatividade da região no contexto turístico catarinense e adesão dos municípios ao projeto. Após o lançamento, os trabalhos seguiram com apresentação do plano de ações aos prefeitos nas reuniões da Ameosc e visitas nos municípios para firmar a parceria.

Até o momento, foram realizadas reuniões com o secretario executivo da Ameosc,Airton Fontana, para alinhamento das ações do projeto, bem como para discutir sobre a melhor forma de executar as ações e consultorias por meio de visitas técnicas nos atrativos potencias e efetivos de cada município.

As visitas técnicas ocorreram em atrativos dos municípios de Dionísio Cerqueira, Palma Sola, Anchieta, Guaraciaba, Paraíso, Barra Bonita, São Miguel do Oeste, Tunápolis, Iporã do Oeste, São Lourenço, São João do Oeste, Itapiranga, Iraceminha, São José do Cedro, Mondai entre outros.

O coordenador regional extremo oeste do Sebrae/SC, Udo Trennepohl, e o consultor credenciado ao Sebrae/SC, Roni Rodrigues de Brito, destacam a importância do projeto ao observarem que o diferencial nem sempre está nos atrativos, mas sim na qualidade do atendimento e nas condições oferecidas ao turista. “A busca pela qualidade e pela excelência nos serviços prestados justifica a preocupação dos municípios da Ameosc e do Sebrae/SC em oferecer ao trade turístico e população da região informações para aperfeiçoarem suas habilidades e competências para, num futuro próximo, tornarem-se um ícone do turismo no Estado de Santa Catarina gerando emprego e renda ao município”.

Para Fontana, o projeto tem importância estratégica porque permite valorizar as belezas naturais, humanas e econômicas da região que se diferencia das demais localidades do Estado e do País. Segundo ele, as belas paisagens naturais, as estações bem definidas, a agropecuária forte, o relevo com áreas planas, onduladas e montanhosas estão entre os aspectos que favorecem a exploração do turismo.

Neste ano, o foco das atividades está na continuação das palestras de sensibilização ao turismo, capacitações de empresários e colaboradores das empresas do “trade turístico” e de condutores de turismo local. Os próximos passos incluem a preparação e organização dos atrativos turísticos dos municípios para receber turistas; consultorias técnicas em turismo e áreas afins; teste do Roteiro Turístico Caminhos da Fronteira; elaboração de plano de Marketing e inserção do produto no mercado.




Balneário Saboroso quebra recorde de vendas e se consolida como produto turístico de Santa Catarina


Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia debate Mobilidade Urbana em evento gratuito


Cesta básica apresenta alta de 1,46% em Itajaí


Jaguaruna Saneamento inaugura ETA que atende balneários Camacho e Garopaba do Sul

Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |