Entidades | Publicado em: 28/08/2017 14:30:00
Por: Carlos Tonet

Conteúdo oferecido por WK Sistemas

 

A gestão de contratos tem se tornado cada vez mais essenciais para as empresas.

Como o crescimento das parcerias, terceirizações, fornecedores e representantes, os contratos precisam ser bem definidos e acompanhados.

São necessários técnicas e procedimentos específicos que garantam a organização e a eficácia do trabalho e evitem dores de cabeça mais tarde. O objetivo é administrar de forma correta e eficiente todas as variáveis envolvidas na contratação, como a fase da proposta, da negociação do contrato, da discussão e redação das cláusulas, da formalização do documento, da execução e do acompanhamento.

É importante lembrar que a gestão de contratos também está relacionada ao período após o vencimento do documento, quando o fornecedor ainda deve oferecer garantias, sigilo de informações, assistência técnica, entre outros.

A WK Sistemas elaborou uma lista com os erros mais comuns na elaboração de contratos:

  • Descrever o objeto do contrato de forma vaga: o objeto é a parte principal de um contrato e precisa ser descrito com precisão. Todos os detalhes devem ser discriminados, pois é em torno dessas informações que vai girar todo o relacionamento com o cliente. Assim, é preciso ter muito cuidado durante a elaboração desta cláusula, detalhando-a com o máximo de dados possíveis. Lembre-se de que, caso haja problemas judiciais no futuro, é este aspecto do contrato que vai determinar os direitos e as obrigações de cada parte.

  • Não estabelecer multa rescisória: um dos principais erros na hora de formular um contrato é esquecer de definir a multa rescisória, ou seja, o valor que uma das partes deve pagar caso haja desistência do serviço. Esse ponto é de extrema importância, porque a quebra de contrato pode trazer prejuízos financeiros para a empresa e, por isso, deve ser compensada.

  • Ignorar os juros de mora: um contrato deve prever casos de atraso no pagamento, determinando, portanto, de quanto serão os juros de mora. Nessas situações, a empresa também costuma ser bastante prejudicada por não ter a quantia que era esperada na data estipulada, de modo que é necessário, novamente, compensar de alguma forma. É por isso que os juros de mora são importantes e devem ser abordados em alguma cláusula.

  • Não definir as obrigações das partes contratantes: as cláusulas referentes às obrigações das partes devem ser dispostas de forma clara no documento, pois são elas que esclarecem qualquer dúvida durante a execução do projeto. Além disso, também facilitam que os envolvidos façam corretamente o que diz respeito a eles.

Leia mais AQUI.

A WK Sistemas possui uma ferramenta específica para a gestão dos seus contratos.

Confira AQUI.


Linha Direta

WK Sistemas
(47) 3221-8888
www.wk.com.br


Presidente do SEPROSC está em Brasília contra a reoneração da folha
Programa capacitará gratuitamente pessoas com deficiência
Balneário Camboriú sedia Congresso Nacional de Jovens Empreendedores
Laguna ganha unidade para estabilização da fauna marinha
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado
Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |