Imóveis | Publicado em: 12/06/2017 19:00:00

A temida inadimplência aumentou o nível de exigência, dos proprietários ou das imobiliárias, na hora de aprovar o cadastro do inquilino. Para sair na frente, mais de 350 imobiliárias no Brasil passaram a oferecer uma novidade criada por uma startup catarinense, a Credpago, que propõe a garantia da fiança baseada apenas no limite do cartão de crédito. A empresa, que já está avaliada em pelo menos R$ 60 milhões, tem como um dos investidores o ator Bruno Gagliasso.

“O negócio da CredPago é único e sem igual em todo o mundo. Quando me interessei pelo modelo de negócio, contratamos uma pesquisa para ver se havia algo similar no mercado. Não encontramos nada igual ao que a CredPago faz em nenhuma parte do mundo, sendo que pesquisamos países da Ásia, Europa e Estados Unidos. A facilidade que a CredPago proporciona, de o locatário apresentar apenas o seu cartão de crédito e em menos de 15 minutos poder concluir a sua locação, foi decisiva para eu entrar no negócio", comenta Gagliasso.

Não precisa assinar nenhum papel ou ir ao cartório; o procedimento é todo pela internet. "Basta que o cliente apresente a última fatura paga do cartão de crédito com limite correspondente a, pelo menos, três vezes o valor do aluguel de qualquer lugar do Brasil para que o algoritmo consiga identificar o comportamento do inquilino e determinar, analisando também outros bureaus, se as propostas serão aprovadas ou não", explica o CEO da CredPago, Jardel Cardoso.

Entenda o funcionamento

A liberação do aluguel a partir da análise do limite do cartão de crédito acontece da seguinte maneira: na imobiliária credenciada à Credpago, o futuro inquilino apresenta os dados pessoais, o número do cartão de crédito e a cópia da última fatura paga com limite aprovado correspondente a três vezes o valor do aluguel. Se o aluguel for de R$ 1 mil, o cliente precisa de um limite de R$ 3 mil.

Depois, a Fintech promete uma análise de crédito em até 15 minutos, graças a algoritmos que checam o limite e a data de validade do cartão, além de registros em Serviço de Proteção ao Crédito e Serasa e, com base nessas informações, atribuem um score ao cliente. Se aprovado o cadastro, inquilino e garantidor recebem um e-mail com os termos do contrato com a Credpago e, para dar continuidade, basta aceitá-lo e inserir o código de segurança do cartão de crédito informado. A imobiliária também receberá, via sistema, um documento que autoriza a assinatura do contrato de locação.

A taxa de serviço é de 8% do valor do aluguel anual. Esse valor é divido em 12 parcelas no cartão do inquilino. Ao final de um ano, o inquilino terá pagado menos de um aluguel para garantir a locação.

Em caso de inadimplência, os custos são os que constam no contrato de locação. Caso o inquilino inadimplente não consiga pagar o aluguel atrasado, a CredPago oferece opção de parcelamento do valor devido no cartão de crédito com juros, que variam de 2,99% a 4,99% ao mês). Se não houver limite no cartão para isso, a startup poderá parcelar os valores por meio de boleto bancário. 

Para saber mais sobre a CredPago clique aqui




Arquitetos discutem a criação de um Código de Edificações
Hotéis de Florianópolis registram incremento em ocupação
Votorantim Cimentos e Startups buscam empresas de base tecnológica com foco na indústria 4.0
Caixa é proibida de cobrar taxa de evolução de obra referente ao Minha Casa Minha Vida
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |