Imóveis | Publicado em: 12/06/2017 19:00:00

A temida inadimplência aumentou o nível de exigência, dos proprietários ou das imobiliárias, na hora de aprovar o cadastro do inquilino. Para sair na frente, mais de 350 imobiliárias no Brasil passaram a oferecer uma novidade criada por uma startup catarinense, a Credpago, que propõe a garantia da fiança baseada apenas no limite do cartão de crédito. A empresa, que já está avaliada em pelo menos R$ 60 milhões, tem como um dos investidores o ator Bruno Gagliasso.

“O negócio da CredPago é único e sem igual em todo o mundo. Quando me interessei pelo modelo de negócio, contratamos uma pesquisa para ver se havia algo similar no mercado. Não encontramos nada igual ao que a CredPago faz em nenhuma parte do mundo, sendo que pesquisamos países da Ásia, Europa e Estados Unidos. A facilidade que a CredPago proporciona, de o locatário apresentar apenas o seu cartão de crédito e em menos de 15 minutos poder concluir a sua locação, foi decisiva para eu entrar no negócio", comenta Gagliasso.

Não precisa assinar nenhum papel ou ir ao cartório; o procedimento é todo pela internet. "Basta que o cliente apresente a última fatura paga do cartão de crédito com limite correspondente a, pelo menos, três vezes o valor do aluguel de qualquer lugar do Brasil para que o algoritmo consiga identificar o comportamento do inquilino e determinar, analisando também outros bureaus, se as propostas serão aprovadas ou não", explica o CEO da CredPago, Jardel Cardoso.

Entenda o funcionamento

A liberação do aluguel a partir da análise do limite do cartão de crédito acontece da seguinte maneira: na imobiliária credenciada à Credpago, o futuro inquilino apresenta os dados pessoais, o número do cartão de crédito e a cópia da última fatura paga com limite aprovado correspondente a três vezes o valor do aluguel. Se o aluguel for de R$ 1 mil, o cliente precisa de um limite de R$ 3 mil.

Depois, a Fintech promete uma análise de crédito em até 15 minutos, graças a algoritmos que checam o limite e a data de validade do cartão, além de registros em Serviço de Proteção ao Crédito e Serasa e, com base nessas informações, atribuem um score ao cliente. Se aprovado o cadastro, inquilino e garantidor recebem um e-mail com os termos do contrato com a Credpago e, para dar continuidade, basta aceitá-lo e inserir o código de segurança do cartão de crédito informado. A imobiliária também receberá, via sistema, um documento que autoriza a assinatura do contrato de locação.

A taxa de serviço é de 8% do valor do aluguel anual. Esse valor é divido em 12 parcelas no cartão do inquilino. Ao final de um ano, o inquilino terá pagado menos de um aluguel para garantir a locação.

Em caso de inadimplência, os custos são os que constam no contrato de locação. Caso o inquilino inadimplente não consiga pagar o aluguel atrasado, a CredPago oferece opção de parcelamento do valor devido no cartão de crédito com juros, que variam de 2,99% a 4,99% ao mês). Se não houver limite no cartão para isso, a startup poderá parcelar os valores por meio de boleto bancário. 

Para saber mais sobre a CredPago clique aqui




Construção civil realiza Semana de Prevenção de Acidentes em Joinville


Hotel boutique aposta em hospedagem de alto luxo


FG Empreendimentos comemora cenário positivo da construção civil


Incorposul aposta no segmento superluxo com empreendimento inovador

Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |
<—HiFRITZ—> <—HiFRITZ—>