Saúde | Publicado em: 21/02/2017 20:39:00

O uso de suplementos para atletas sempre levanta inúmeras polêmicas e não à toa, a Anvisa monitora as diversas marcas de produtos no Brasil.

Há inclusive uma página exclusiva com perguntas e respostas sobre o uso dos alimentos de academia criada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

A verdade é que o uso indiscriminado pode sim trazer problemas para saúde. Por isso, entender como eles agem no nosso organismo é de extrema importância.

LogFitness, plataforma de venda de suplementos, listou uma série de mitos sobre suplementos. Confira a seguir quais são eles:

1  – Whey Protein engorda?

O Whey Protein é a proteína do soro do leite e, se inserido em um plano alimentar individualizado e correto, pode contribuir para a perda de peso. O consumo, no entanto, sem controle e orientação adequada pode ser prejudicial à saúde e gerar acúmulo de gordura corporal.

2 – Suplementos são como placebo?

Além da própria experiência obtida em consultórios com as avaliações e exames, muitos estudos provam a eficiência dos suplementos alimentares como meios para suprir deficiências nutricionais comuns na população. Os suplementos são, em geral, produtos constituídos por alta concentração de substâncias, que são destinadas a um fim específico.

3 – Uma boa alimentação dispensa suplementos?

Uma dieta balanceada é um bom começo, mas isso não significa que você está cumprindo todas as necessidades nutricionais que seu corpo precisa. Necessidades de nutrientes podem variar de acordo com idade, saúde, stress e treinamentos intensos. Considere os suplementos uma apólice de seguro, que preenche as lacunas que você não consegue com uma boa alimentação.

Vale lembrar, entretanto, que seu uso deve ser feito somente com a supervisão de um especialista, que indicará o melhor ou melhores suplementos para cada tipo de organismo.

4 – Creatina é um esteroide?

A creatina é um suplemento alimentar e não um esteroide anabolizante. Também não é considerado doping por nenhuma organização internacional, incluindo o Comitê Olímpico Internacional.

A principal função da creatina é fornecer energia para a contração dos músculos. Ela é uma substância produzida a partir de três aminoácidos: arginina, glicina e metionina (frações da proteína). Nosso corpo, sejamos atletas ou não, produz creatina por meio de proteínas consumidas na alimentação e sintetizada nos rins e fígado, sendo então transportada e armazenada no tecido muscular.

A Anvisa pondera que nos suplementos de creatina para atletas não se pode adicionar quitosana, e substâncias como licopeno, ômega 3, inulina, probióticos e fitoesteróis. Não pode conter também fibras e não nutrientes.

5 – O consumo de suplementos mesmo sem treino cria músculos?

Não existe a possibilidade de desenvolvimento da massa muscular apenas com a suplementação. Os exercícios de resistência são fundamentais nesse processo.

6 – Suplementos causam efeitos colaterais?

A maioria dos ingredientes contidos nos suplementos é encontrada naturalmente no corpo humano ou nos alimentos que comemos. A suplementação adequada pode causar menos efeitos colaterais que a alimentação.

7 – O uso da creatina causa câimbras musculares?

A possibilidade de ocorrer câimbras pelo consumo de creatina tem sido atribuída a mudanças nas concentrações de água e sais minerais nas fibras musculares. Porém, nenhum estudo tem evidenciado que a creatina possa, de fato, ocasionar câimbras, desidratação ou mudanças nas concentrações intramusculares de eletrólitos. Estas situações podem estar relacionadas mais diretamente com a fadiga muscular e desidratação resultante do treinamento em clima quente. O organismo tem uma capacidade muito grande para eliminar o excesso de creatina do corpo.

8 – Queimadores de gordura não funcionam?

Alinhados a uma dieta e exercícios físicos, os queimadores de gordura são destinados a aumentar a energia, estimular o metabolismo ou suprimir o apetite. Existem diversos alimentos termogênicos utilizados por nutricionistas no controle da obesidade, auxiliando o tratamento dietético. É importante aliar o consumo dos alimentos termogênicos a um plano alimentar equilibrado, uma dieta hipocalórica, pobre em gorduras saturadas, incentivar os bons hábitos alimentares dos pacientes, além da prática frequente de atividade físicas.

9 – Nosso corpo produz gorduras boas por conta própria?

Os ácidos graxos essenciais, conhecidos como gorduras boas, devem ser consumidos por meio da alimentação, em proporções adequadas e com a devida orientação nutricional.

10 – Posso comer qualquer coisa e tomar suplemento que estarei saudável?

Deficiências nutricionais podem provocar doenças ou disfunções, e o excesso, intoxicações. Por isso, a dieta deve ser sempre equilibrada e variada. Tomar suplementos não garante saúde. A base para um corpo saudável é a união da alimentação equilibrada conjugada com hábitos saudáveis e atividade física.

Fonte: Exame.com




SC receberá R$ 5,7 milhões de recursos para UPA 24 horas
Unimed Blumenau oferece mamografia gratuita para clientes e colaboradoras
Catarinenses terão tratamento para prevenir HIV a partir de dezembro no SUS
Health tech ​desenvolve aplicativo que auxilia anestesistas
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |
<—HiFRITZ—> <—HiFRITZ—>