Saúde | Publicado em: 26/02/2017 07:35:00

No período entre 1º de janeiro e 11 de fevereiro, foram registrados 1.475 focos do mosquito em 85 cidades. Veja os municípios em situação mais grave

Boletim divulgado pela Diretoria de Vigilância Edpidemiológica (Dive) registrou 1.475 focos do mosquito Aedes aegypti em 85 municípios, sendo que 53 destes foram considerados infestados. Os dados compreendem o período de 1° de janeiro a 11 de fevereiro deste ano. No mesmo período em 2016, haviam sido identificados 1.531 focos em 91 municípios.

Atualmente existem 53 municípios considerados infestados pelo mosquito Aedes aegypti em Santa Catarina. Comparando com o boletim anterior, divulgado no dia 28 de janeiro, houve a inclusão do município de Navegantes na relação de municípios considerados infestados.

Em outros 41 municípios foram identificados focos do mosquito Aedes aegypti. Em 201 locais não houve identificação de nenhum foco do mosquito até o momento. A definição de infestação é realizada de acordo com a disseminação e manutenção dos focos.

Dengue

No período de 1º de janeiro a 11 de fevereiro de 2017 foram notificados 640 casos de dengue em Santa Catarina. Desses, 491 (77%) foram descartados por apresentarem resultado negativo para dengue e 149 (23%) casos são considerados suspeitos, e estão em investigação pelos municípios, aguardando resultados laboratoriais. Até o momento, nenhum caso de dengue foi confirmado no Estado.

Na comparação com o mesmo período de 2016, quando foram notificados 2.376 casos, observou-se uma redução de 271% na notificação de casos em 2017 (640 casos notificados).

Febre de chikungunya

No período, foram notificados 91 casos de febre de chikungunya em Santa Catarina. Desses, 61 (67%) foram descartados e 29 (32%) permanecem como suspeitos. Até o momento, somente um caso foi confirmado (importado), em um residente no município de Florianópolis que adquiriu a doença em outro estado (Pará).

Zika vírus

No período, foram notificados 19 casos de febre do zika vírus em Santa Catarina, sendo que 7 casos (37%) foram descartados e 12 (63%) permanecem em investigação.

Abaixo lista de municípios considerados infestados

Municípios considerados infestados:

  • Águas de Chapecó
  • Descanso
  • Nova Itaberaba
  • São José do Cedro
  • Anchieta
  • Florianópolis
  • Novo Horizonte
  • São Lourenço do Oeste
  • Balneário Camboriú
  • Guaraciaba
  • Palma Sola
  • São Miguel do Oeste
  • Bandeirante
  • Guarujá do Sul
  • Palmitos
  • Santo Amaro da Imperatriz
  • Bom Jesus
  • Itajaí
  • Passo de Torres
  • Saudades
  • Caçador
  • Itapema
  • Pinhalzinho
  • Seara
  • Caibi
  • Itapiranga
  • Planalto Alegre
  • Serra Alta
  • Camboriú
  • Ipuaçu
  • Princesa
  • Sul Brasil
  • Campo Erê
  • Joinville
  • Porto União
  • União do Oeste
  • Catanduvas
  • Jupiá
  • Quilombo
  • Xanxerê
  • Chapecó
  • Maravilha
  • São Bernardino
  • Xaxim
  • Coronel Freitas
  • Modelo
  • São Carlos
  • Coronel Martins
  • Navegantes
  • São Domingos
  • Cunha Porã
  • Nova Erechim
  • São José




Novo equipamento chega ao Vale do Itajaí e pode revelar causas do mau hálito
Saúde repassa R$ 5,6 milhões para o Hospital Santo Antônio em Blumenau
Especialistas defendem ergonomia como programa contínuo nas empresas
FG Empreendimentos expões no 15º Simpósio das Unimeds de Santa Catarina
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |