Saúde | Publicado em: 05/07/2017 10:00:00

Sabe-se que a osteopatia traz uma série de benefícios para a saúde e qualidade de vida das pessoas – e eles são evidentes desde a fase recém-nascida.

Um dos benefícios da técnica é tratar não apenas o problema, mas focar na resolução da origem do que causa os desconfortos como a cólica e os refluxos. Comum em bebês, estas condições tiram o sono de muitos pais.

O fisioterapeuta da Ortopedia Reichmann de Chapecó, Edson Bramati, aponta que uma das principais vantagens da aplicação da osteopatia está em pensar não na doença em si, mas no paciente, a fim de restaurar o funcionamento natural do corpo com as técnicas aplicadas.

Bramati lembra que o processo de osteopatia pode ser benéfico tanto para a mãe, no processo de gestação e facilitando a preparação do corpo para um parto normal, quanto para o recém-nascido, visto que a mãe terá um equilíbrio no sistema com circulação que permita um bom desenvolvimento no útero.

Segundo ele, desde o período da gestação até o momento do parto, a cabeça do bebê pode ser submetida a forças que poderão alterar delicadamente o posicionamento dos ossos que compõem a calota craniana. “Quando é necessário o recurso do fórceps ou ventosa, são exercidas forças extras sobre o corpo do bebê, o que justifica muitos dos problemas em recém-nascidos”, explica. 

A base do crânio da criança (região acima da primeira vértebra cervical) está submetida a grandes forças de compressão pelas contrações no momento do parto e também em função da passagem pelo canal vaginal, ou ainda pelo modo como a cabeça ficou posicionada no final da gestação. “Nesse local, estão situadas as estruturas responsáveis pela inervação do palato, cordas vocais, da faringe, base da língua, ritmo cardíaco, função respiratória e boa parte do aparelho digestivo”, realça Bramati. 

Caso essas forças comprimirem o local, haverá também uma compressão sobre estas estruturas que podem ocasionar cólicas, refluxo gastroesofágico (RGE) e outras manifestações. “A abordagem terapêutica é feita por meio de técnicas suaves que buscam equilibrar as tensões”. 

A assimetria craniana funcional (Plagiocefalia posicional) também acontece devido às forças compressivas assimétricas as quais a cabeça do bebê está submetida. Neste caso, a osteopatia também pode ser um tratamento eficaz, especialmente nos primeiros meses de vida.

A técnica é aplicada aos recém-nascidos na Europa como tratamento e prevenção de cólicas e constipação refluxo gastroesofágico (RGE), otites de repetição, torcicolo congênito, dificuldade de sucção e deglutição, alterações do sono, entre outras.




SC receberá R$ 5,7 milhões de recursos para UPA 24 horas
Unimed Blumenau oferece mamografia gratuita para clientes e colaboradoras
Catarinenses terão tratamento para prevenir HIV a partir de dezembro no SUS
Health tech ​desenvolve aplicativo que auxilia anestesistas
Patrocinado
Patrocinado
Patrocinado

Blog do Editor






















Patrocinado





Agenda Executiva

Encontre cursos, palestras e eventos em Santa Catarina


Empregos

Pensou em mudar de empregou ou carreira?
Encontre sua nova vocação



As mais lidas







Reprodução

Permitimos a livre reprodução do conteúdo, respeitados os contextos da edição. Agradecemos a citação da fonte - www.noticenter.com.br

Endereço

Rua Petrópolis, 206 - CEP 89010-240 - Blumenau - SC
Telefone (47) 3035-4314 | (47) 3035-4316

Receba em seu e-mail



Visite as Redes Sociais

Capa | Cidades | Blog do Editor | Legislação | Carreiras | Entidades | Gestão | Indústria | Logística | Marketing | Tecnologia | Têxtil | Imóveis | Saúde | Veículos |
<—HiFRITZ—> <—HiFRITZ—>